d7hftxdivxxvm.cloudfront.net

4 de dezembro de 2017

Arte cinética

O Instituto Tomie Ohtake apresenta a grande retrospectiva de Julio Le Parc, realizada em 2016 em Miami, no Pérez Art Museum. Com curadoria de Estrellita B. Brodsky e consultoria artística de Yamil Le Parc, a mostra reúne mais de 100 obras que incluem as principais instalações do artista.

Argentino de nascimento, ( 1928) Julio Le Parc frequentou a Escuela de Bellas Artes em Buenos Aires em 1949. Em 1958 vai para Paris com uma bolsa de estudos do governo francês para trabalhar em obras relacionadas à pesquisa das três dimensões, o movimento e a luz, referentes às artes cinéticas.

A “arte cinética” ou “cinetismo” representa um movimento artístico moderno das artes plásticas, surgido em Paris na década de 50. Como o próprio nome indica, determina uma arte vibrante e dinâmica que possui como principal característica o movimento, em detrimento do caráter estático da pintura e da escultura.

“As investigações de Julio Le Parc sobre as maneiras de engajar e empoderar o público redefiniram e reinterpretaram a experiencia da arte”, afirma a curadora Estrellita B. Brodsky.

 

Julio Le Parc: da Forma à Ação

Abertura 25 de novembro das 13h às 18h

Visitação até dia 25 de fevereiro 2018

 

La longue marche - Julio Le Parc

Julio Le Parc

Julio Le Parc no Tomie Ohtake

Comentários

comments

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments